Quote da Semana

"Se você vai tentar, vá até o fim.
Caso contrário, nem comece."

- Charles Bukowski.

Resenha: Starters por Lissa Price.

Seu mundo mudou para sempre. Callie perdeu os pais quando as guerras de Esporos varreu todas as pessoas entre 20 e 60 anos. Ela e seu irmão mais novo, Tyler, estão se virando, vivendo como desabrigados com seu amigo Michael e lutando contra rebeldes que os matariam por uma bolacha. A única esperança de Callie é Prime Destinations, um lugar perturbado em Berverly Hills que abriga uma misteriosa figura conhecida como o Old Man. Ele aluga adolescentes para alugar seus corpos aos Terminais - idosos que desejam ser jovens novamente. Callie, desesperada pelo dinheiro que os ajudará a sobreviver, concorda em ser uma doadora. Mas o neurochip que colocam em Callie está com defeito e ela acorda na vida de sua locadora, morando em uma mansão, dirigindo seus carros e saindo com o neto de um senador. Parece quase um conto de fadas, até Callie descobrir que sua locatária pretende fazer mais do que se divertir - e que os planos de Prime Destinations são tão diabólicos que Callie nunca podia ter imaginado.

Várias coisas nesse livro me chamaram atenção. A capa que é extremamente chamativa, a sinopse, o fato de ser distópico e a frase da capa. Nessa frase, a Kami Garcia, autora de Dezesseis luas, diz que os fãs de Jogos Vorazes vão adorar Starters. Gosto de Jogos Vorazes e isso fez com que o livro subisse na pilha, estava esperando algo tão bom quanto a série citada pela autora.

As coisas mudaram na vida de Callie quando a guerra dos Esporos - uma guerra biológica - acontece. Eles descobrem uma vacina que combate o vírus, mas somente os mais frágeis - as crianças, os adolescentes e as pessoas com mais de 60 anos - recebem a vacina. O restante da população, apesar de ser um pouco mais forte, não resisti ao vírus.

Os jovens que tem avós vão morar e ser dependentes destes. O restante com menos sorte, como é o caso de Callie, seu irmão Tyler e seu vizinho Michael, vão ter que sobreviver sozinhos.

Tyler tem uma saúde frágil e Callie sabe que o irmão não aguentará muito tempo nas ruas. E é por isso que ela vai até a Prime Destinations. Um lugar onde idosos podem alugar corpos de adolescentes por um período de tempo para se divertir e fazer coisas que seus corpos, já debilitados, não tem condição de aguetar.

Uma das pessoas que irá alugar o corpo de Callie é Helena. O problema é que alguma coisa da errado e Callie retoma a consiência antes da hora, durante o aluguel. Agora Callie está no comando do seu corpo novamente e consegue ouvir a voz de Helena em seus pensamentos, que diz que a vida das duas estará em risco se ela voltar a Prime Destinations, e que isso, é só o início.

Algumas coisas nesse livro simplesmente não deram certo para mim. Eu não consegui me conectar com os personagens principais. Não consegui sentir pena deles, gostar deles. Não ficava aflita quando a Callie se metia em alguma confusão. Não me envolvi emocionalmente.

Achei a prosposta de ser inserido no corpo de outra pessoa, bem interessante - mais não completamente original. De início achei a ideia do banco de aluguel de corpos curiosa. Mais pessoas idosas que alugam corpos de adolescentes, que passam fome, para se divertir... foi um tanto quanto bizarro para mim.

Senti também uma falta de dominação de escrita na hora das cenas de suspense e ação. O livro também tem alguns buracos, falta desenvolvimento e deixa a desejar na explicação da sociedade, criada pela autora. Acho isso imensamente importante. Espero que alguma dessas coisas sejam preenchidas nos próximos volumes da série.

O romance também... em alguns momentos achei que poderia ter um triângulo amoroso, para os próximos livros, em outros não. Quando vi um indício disso pensei "Por qual deles vou torcer?", acabei o livro não torcendo por nenhum.

A autora não deixa claro se irá ou não se formar um triângulo amoroso. A possibilidades, mas não certezas. Só saberemos nos próximos livros.

O ritmo do livro é bem rápido. Aqueles que você lê em pouco tempo sem nenhum problema. A arte do livro está perfeita. O trabalho da editora com Starters foi muito bom em todos os sentidos.

Dei minha opinião sincera. Mais estive pesquisando e vi várias resenhas muito positivas sobre esse livro. Muita gente gostou bastante. Por isso leia para descobrir.

Onde comprar o livro? ExtraPonto frioSaraiva.

Esse livro foi cortesia da editora Novo Conceito.

Assista ao book trailer:

Comentou nesse post? Preencha o formulário!
a Rafflecopter giveaway

Um comentário

  1. Pois é, a maioria das resenhas que li foram positivas, mas gosto quando alguem faz ressalvas sobre um livro, afinal, gosto é pessoal,e gosto de divergencias. Fiquei mais curiosa ainda para saber o que vou achar do livro. Amei a Capa, mas não gosto quando colocam essas chamadas, e quem não gostou de JV? Podem desanimar e não ler o livro, as vezes isso não tem nada a ver, mas...de qualquer forma quero muito ler. Bjksss

    ResponderExcluir

Oi, pessoal! Obrigado por comentar e dividir suas opinioẽs, só tomem cuidado com comentários ofensivos.