Quote da Semana

"Se você vai tentar, vá até o fim.
Caso contrário, nem comece."

- Charles Bukowski.

Resenha: A namorada do meu amigo por Graciela Mayrink

Quando voltou das férias de verão, Cadu não imaginava a confusão em que a sua vida se transformaria. Era para ser um ano normal, mas ele entrou em uma enrascada e está correndo o risco de perder a amizade do cara mais legal do mundo. O que fazer quando a namorada do seu amigo vira uma obsessão para você? Os churrascos da turma da faculdade talvez ajudem a esquecer Juliana, e, se depender do esforço do divertido Caveira, não faltarão garotas gente boa para preencher o coração de Cadu. Mas não adianta forçar... Quem consegue mandar no coração? Alice, a irmã de Beto, é só mais uma das dores de cabeça que Cadu tem que enfrentar. A vida inventa cada cilada!

Famosa autora entre os adolescentes brasileiros, "A namorada do meu amigo" foi o primeiro livro da Graciela Mayrink que tive a oportunidade de ler.


Quando Cadu era pequeno, ele evitava Juju - que morava em frente a sua casa - a todo custo. A menina era apaixonada por ele, mais Cadu não queria saber de garotas aos 7 anos - muito menos de garotas grudentas. Na época, Cadu, Caveira e Beto já eram inseparáveis e já se auto intitulavam de "Os três mosqueteiros". Juju sempre quis ser o quarto mosqueteiro e, quando ela teve que ir embora para Porto Alegre, foi implorar para Cadu que ele concedesse o título a ela. Ele, que não via a hora de se ver livre de Juju, aceitou. Afinal, ele estava certo de que nunca mais veria a garota.

Agora, já na faculdade, voltando das férias em Florianópoles, Cadu descobre que Juliana está de volta e, para sua total perplexidade, está namorando Beto.
Ele não compreende, e nem sequer fica ansioso por reencontrar Juliana - aliás, de início, nem se lembrava dela.
Contudo, quando a vê, se apaixona instantaneamente pela mulher bonita e gentil que ela se tornou.

Partindo dessa premissa, o livro irá trabalhar esse problema - e vários outros do universo adolescente. Com uma narrativa fluída, vamos conhecer a personalidade e os conflitos de alguns personagens que se assemelham profundamente a jovens comuns.

Beto é charmoso, sempre consegue as meninas que quer e não queria ouvir falar em relacionamentos sérios. Mas, quando se trata de suas duas irmãs, ele morre de ciúmes. Desde pequeno, ele exigiu que Cadu e Caveira jurassem que jamais teriam alguma coisa com suas irmãs.
Caveira não é muito diferente de Beto. Já conquistou todas as meninas da cidade, dança muito bem e  também corre de compromissos. Vive provocando Beto por achar Alice, uma das irmãs do amigo, uma gata.
Cadu é o mais diferente da turma. Mais tímido, ele acaba de sair de um relacionamento. Agora, está apaixonado por Juliana e não sabe como lidar com essa situação.

Os personagens são bons e as discussões sobre o universo jovem também. A autora consegue mostrar de uma forma muita boa como a adolescência não é uma fase tão simples. Nos primeiros capítulos, estava me divertindo bastante com a leitura. No entanto, para mim, o livro se alongou mais que o necessário. Não existem tantos acontecimentos marcantes para precisar de um número relativamente extenso de páginas, que é o caso desse livro. Depois que ultrapassa a metade, os acontecimentos começam a se repetir sem muitas novidades. Talvez se algumas histórias secundárias fossem mais desenvolvidas, ou algumas páginas fossem para o final, eu teria gostado ainda mais da leitura.

Com exceção a essa consideração, é uma leitura bem divertida e relaxante. Se esse gênero te agrada, coloque "A namorada do meu amigo" na sua lista.

Esse livro foi uma cortesia da Editora Novo Conceito.

Compare os preços aqui

4 comentários

  1. Gostei bastante da resenha
    Já estou com esse livro aqui, só me falta tempo

    Beijos
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oie Mah!! É o tipo de livro que gosto, acho que vou querer comprar esse livro em breve. Gostei muito da sua resenha. Mas fiquei decepcionada em saber que tem mais páginas do que deveria, isso empobrece muito a leitura.
    Essa capa é bem engraçadinha.

    Beijos
    Nati

    www.meninadelivro.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Mah

    Concordo quando você diz que o livro se prolongou além do que deveria. Acho que apesar de ser uma boa história deixou um pouco a desejar. Não consegui me conectar a ela.

    Beijos
    Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  4. Olá apesar das ressalvas estou bem curiosa quanto ao livro! Acho q historia bem interessante de se acompanhar, amor, amizade e as complicações que tudo isso junto pode causar!

    Ahh achei seu blog através da Pah do Livros & Fuxicos e amei, já estou seguindo se quiser conhecer o meu cantinho também será super bem vinda!
    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir

Oi, pessoal! Obrigado por comentar e dividir suas opinioẽs, só tomem cuidado com comentários ofensivos.